Clínica de Repouso – Dalton Trevisan (Sobre o Conto)

Síntese: A história fala sobre a mãe que condenava as atitudes da filha perante sua autoridade. No fim, de tanto brigar a velha mãe foi levada para um hospício.

Elementos narrativos:

Narrador: Heterodiegético omnisciente (3ª pessoa)
Espaço: Em uma casa e depois em um hospício.
Personagens:
-Dona Candinha – Principal da história.
-Maria – Filha de Dona Candinha.
-João – Namorado e depois esposo de Maria.

Enredo: Tudo começa quando Dona Candinha descobre que sua filha Maria traz um estranho para casa e que ele é o namorado dela. Daí em diante ocorrem várias discussões entre mãe e filha sobre o rapaz que ela dizia ser tio de sua amiga de infância, novo na cidade e desempregado. Dona Candinha começa a se deprimir, levando João, o rapaz, a ir embora da casa dela. Maria fica com raiva da mãe, chama-a de louca, manda um médico ir examiná-la. Depois ela é levada para um hospício e fica lá reclamando o tempo todo alegando não ser louca.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: